<$BlogRSDUrl$>
 

segunda-feira, outubro 27, 2003

Vivemos intensamente numa quase permanente luta e competição, mas se não estivermos atentos aos pequenos pormenores um dia somos surpreendidos de um forma cruel.
A surpresa surge quando percebemos no que nos tornamos, os caminhos que trilhamos, a distância que temos para as coisas que sempre fizeram sentido na nossa vida e no entanto nunca ousamos colocar em causa que seriam eternas.
Mudanças todos temos, tivemos e teremos... mas será que podemos estar mais atentos aos pormenores para que as surpresas não sejam assim tão grandes?
Será?

 

terça-feira, outubro 21, 2003

O Tempo

Parece que nos escapa segundo após segundo, minuto após minutos por entre os nossos dedos. Quando tudo parece controlado, surge uma crise, uma prioridade, um acidente, uma dúvida ou então alguém nos faz perder tempo sem necessidade.
Depois tudo desliza tipo dominós a cair em série, e perdemos o controlo do tempo, deixamos algumas coisas por fazer, adiamos tarefas, ficamos mais nervosos, comemos apressadamente e mal, dormimos menos, acordamos preocupados e entramos num novo ciclo.
Detesto quando perco o controlo do meu tempo, principalmente quando a culpa não é minha e são os outros que conseguem trocar-me as voltas!
Mal por mal, prefiro ficar chateado apenas comigo por não saber gerir o meu tempo.


 

domingo, outubro 19, 2003

Hoje é Domingo!
Domingo é o limite, uma semana nova que começa, um fim de semana que acaba.
Amanhã regressamos às feras, regressamos ao mundo real, e ao mesmo tempo ficamos com a sensação que o fim de semana foi curto, muito curto.
Dormimos um pouco mais, deixamos de olhar para o relógio, deixamos de ter de ouvir telefones a tocar a todo o momento, mas chegados à noite de Domingo parece que o descanso foi pouco e sabemos que em poucas horas estaremos de regresso ao mundo real.
Uma nova semana, que hoje prevemos que seja igual a tantas outras, a tal monotonia do dia a dia, mas que vai trazer muitas surpresas todos os dias.
Esperamos a monotonia, não gostamos dessa monotonia, depois surgem as surpresas e ficamos irritados como elas nos desfazem os planos para a semana de trabalho! Curioso, nunca estamos bem com o que temos!
E já agora.... uma boa semana!

 

domingo, outubro 12, 2003

Fiquei a pensar...

Ontem quando liguei o meu PC deparei com uma mensagem que me apanhou de surpresa e me deixou a pensar.
Comunicavam-me que uma pessoa com quem falei algumas vezes na net, tinha falecido e que a única forma encontrada de avisar foi mandar uma mensagem a todos os seus contactos electrónicos.
Nunca tal me tinha acontecido, já perdi o rastro a pessoas com quem era normal trocar ideias, mails, conversas... ficou sempre a dúvida se a pessoa se cansou de mim, se deixou de usar a net, ou se algo de grave lhe pode realmente ter acontecido. Nessas alturas a dúvida ficou, o que permite acreditar que nada de grave aconteceu.
Mas desta vez fui confrontado com a certeza do que realmente aconteceu.
Depois tentei reconstruir a história, tinha conversado poucas vezes com a pessoa, mas acabei por descobrir que tinha estado a "teclar" com ela no dia em que esta sofreu o acidente que lhe provocou a morte, possivelmente horas ou mesmo minutos antes.
Uma das últimas ideias que me deixou era que aquele dia ainda ia ser muito intenso... infelizmente foi intensamente negativo...
Ainda fiquei a pensar mais.
Não era uma daquelas pessoas com quem tivesse estabelecido uma relação forte, era mais conversa de circunstância, mas se um dia acontecer com alguém com quem tenha uma relação mais forte?
E se me acontecer a mim, será que as outras pessoas gostariam de ser informadas?
O contacto electrónico é tão pessoal, tão privado, que se torna difícil que outro que não o próprio o possa usar para comunicar este tipo de coisas.
E fiquei a pensar...

 

terça-feira, outubro 07, 2003

Este blog mais do que querer cativar alguém, tem de me cativar a mim mesmo, tem de ser algo que me apeteça ir actualizando.
Seja com coisas escritas por mim, pensamentos, histórias, provocações, piadas, conceitos, ideias... ou tudo aquilo que me toque de alguma forma e possa ser transcrito aqui.
Não é possível dizer que vamos cativar uma pessoa, isso acontece naturalmente ou não, é impossível fazer com que o que nós queremos se realize apenas por isso mesmo.
Quantas vezes cativamos sem saber, quantas vezes somos cativados sem querer, quantas vezes gostavamos de cativar e não o conseguimos?
Tantas... tantas...


 

segunda-feira, outubro 06, 2003

Tanto se tem falado de blogs, blogs para a frente, blogs para trás, bloguista, webblogs, etc... etc... que eu tinha de vir experimentar esta coisa, tinha de sentir, tinha de perceber o que isto pode trazer de novo.
Se me perguntarem para que vai servir este blog, é fácil a resposta: serve para eu ir escrevendo quando me der na cabeça, sobre o que me vier à cabeça... ou seja em rigor não sei o que vai acontecer aqui.
Veremos, pode morrer amanhã, pode ir crescendo lentamente... tudo pode acontecer!
Até!

This page is powered by Blogger. Isn't yours?