<$BlogRSDUrl$>
 

segunda-feira, dezembro 08, 2003

Fado

O fado nunca me seduziu particularmente, por exemplo nunca consegui gostar da Amália apesar de todo o seu sucesso. E tirando o fado de Coimbra, tocado e cantado pelos estudantes, para mim o tal fado português ficava sempre de parte. Às vezes pensava que era uma pequena traição que fazia a Portugal.

Alguns meses atrás emprestaram-me um CD de Cristina Branco, que se revelou uma agradável surpresa.
Quase desconhecida em Portugal, tem feito sucesso no estrangeiro, em especial na Holanda.
O disco chama-se Sensus e as músicas apelam à sensualidade, ao erotismo e aos sentidos, tendo por base as palavras de poetas portugueses aos quais ainda se juntam outros poetas como Shakespeare, Vinicius de Moraes ou Chico Buarque.

Acabei por descobrir através deste disco que o fado está em evolução, não ficou parado no tempo e que está a tomar uma nova forma que me agrada. Não é por acaso que Mariza foi premiada internacionalmente com o fado, são novas formas de cantar o fado.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?