<$BlogRSDUrl$>
 

domingo, dezembro 21, 2003

Os Sonhos

O sonho é aquele que é sonhado durante o nosso sono ou será antes tudo aquilo que sonhamos acordados de forma consciente?

Sobre o primeiro não temos controlo, sonhamos sem poder decidir o que se passa nesse sonho, não conseguimos sequer decidir parar de sonhar, e por muito mau que seja o sonho temos de passar por ele, nesse caso chamamos-lhe pesadelo.
Quando acordamos alguns sonhos já foram esquecidos, outros são uma vaga lembrança enquanto outros ficam guardados na nossa memória.

O segundo é um acto consciente em que sonhamos acordados, traçamos planos e quanto mais impossíveis nos parecem esses planos mais vontade temos de lhes chamar sonhos. Engraçado que aqui temos controlo sobre o que sonhamos, podemos escolher o que faz parte do nosso sonho e assim estes sonhos são sempre bons.
As coisas más nunca são sonhadas conscientemente, essas deixamos para as nossas angústias, para os nossos medos, para as nossas indecisões, para as nossas desconfianças... mas nunca para os nossos sonhos.
Não existem pesadelos sonhados conscientemente, os únicos pesadelos que temos enquanto estamos acordados são efectivamente as coisas más que vivemos, e isso nada tem a ver com o sonho!

Quando nos despedimos de alguém à noite desejamos tantas vezes "bons sonhos" a essa pessoa porque sabemos que ela vai ser incapaz de controlar os sonhos. Mas se for durante o dia não precisamos de desejar isso pois sabemos que se a pessoa for sonhar acordada os seus sonhos vão ser obrigatoriamente bons sonhos!

Bons sonhos e poucos pesadelos (de qualquer um dos tipos) é que vos desejo!

PS: Fui ao dicionário e descobri que me esqueci dos bolos de farinha e ovos, que falta tão grave nesta época de Natal:

sonho, s.m. actividade mental não dirigida, que se manifesta durante o sono, pelo menos nas suas fases menos profundas, e da qual, ao acordar, se pode conservar certa lembrança; conjunto de ideias e de imagens que perpassam o espírito durante o sono; aquilo que é produto da imaginação; fantasia; devaneio; desejo veemente; aspiração; projecto cuja execução parece difícil ou impossível; utopia; ilusão; coisa muito bela ou agradável; visão; bolo fofo de farinha e ovos, frito em azeite e passado depois por calda de açúcar; (Do lat. somnìu)

This page is powered by Blogger. Isn't yours?