<$BlogRSDUrl$>
 

sexta-feira, dezembro 19, 2003

Sorte ou Azar

Alguns anos atrás, uma amiga minha disse-me: "quando todas as portas se parecem fechar, há sempre uma janelinha que se abre".
Mesmo no meio das adversidades temos de acreditar que vai haver sempre algo que vai fazer mudar o rumo dos acontecimentos. Normalmente o problema é que provavelmente nos momentos menos bons não vemos onde está essa janelinha porque estamos demasiado obcecados com as portas que se fecharam.
Curiosamente essa mesma amiga enviou-me recentemente um texto bem a propósito da forma como avaliamos a nossa vida, um texto que me fez reflectir, sorrir e agora também escrever!
Há amizades assim, que fazem muito por nós, às vezes quase sem se aperceberam disso!

Sorte ou Azar

Era uma vez um menino pobre que morava na China e estava sentado na calçada do lado de fora da sua casa. O que ele mais desejava era ter um cavalo, mas não tinha dinheiro. Justamente neste dia passou em sua rua uma cavalaria, que levava um potrinho incapaz de acompanhar o grupo. O dono da cavalaria, sabendo do desejo do menino, perguntou se ele queria o cavalinho. Exultante o menino aceitou. Um vizinho, tomando conhecimento do ocorrido, disse ao pai do garoto: "Seu filho é de sorte!" "Por quê?", perguntou o pai. "Ora", disse ele, "seu filho queria um cavalo, passa uma cavalaria e ele ganha um potrinho. Não é uma sorte?" "Pode ser sorte ou pode ser azar!", comentou o pai.

O menino cuidou do cavalo com todo zelo, mas um dia, já crescido, o animal fugiu. Desta vez, o vizinho diz: "Seu filho é azarento, hein? Ele ganha um potrinho, cuida dele até a fase adulta, e o potro foge!" "Pode ser sorte ou pode ser azar!", repetiu o pai.

O tempo passa e um dia o cavalo volta com uma manada selvagem. O menino, agora um rapaz, consegue cercá-los e fica com todos eles. Observa o vizinho: "Seu filho é de sorte! Ganha um potrinho, cria, ele foge e volta com um bando de cavalos selvagens." "Pode ser sorte ou pode ser azar!", responde novamente o pai. Mais tarde, o rapaz estava treinando um dos cavalos, quando cai e quebra a perna. Vem o vizinho: "Seu filho é de azar! o cavalo foge, volta com uma manada selvagem, o garoto vai treinar um deles e quebra a perna." "Pode ser sorte ou pode ser azar!", insiste o pai.

Dias depois, o reino onde moravam declara guerra ao reino vizinho. Todos os jovens são convocados, menos o rapaz que estava com a perna quebrada. O vizinho: "Seu filho é de sorte..."

Assim é na vida, tudo que acontece pode ser sorte ou azar. Depende do que vem depois. O que parece azar num momento, pode ser sorte no futuro.

Do livro: O Sucesso não Ocorre por Acaso – Dr. Lair Ribeiro



Realmente assim é, tudo o que nos acontece na vida pode vir a ser reavaliado no futuro independentemente daquilo que sentimos hoje.
No presente temos tendência para ficar tristes ou eufóricos com as surpresas da vida, mas muitas vezes acabamos por mudar de opinião mais tarde face ao desenrolar
da vida e ao encadeado de passos que damos na vida.
O que nos acontece de bom no presente pode vir um dia a ser considerado mau, e o que hoje consideramos mau ainda pode vir a ser visto como algo bom. E mesmo assim nada é definitivo, ainda podemos voltar a mudar de opinião.
Tudo depende do que se suceder no futuro, depende do ângulo com que vamos analisando as situações e não podemos esquecer que nós próprios ao evoluir, crescer e
mudar de atitude e forma de pensar ao longo da vida vamos também tendo diferentes pontos de vista sobre os acontecimentos.
Quantas vezes no momento presente, existem coisas que não conseguimos vislumbrar? São as tais janelinhas que falava a minha amiga!
Por exemplo, há gente que perde um emprego e acha que isso é algo de muito mau. Mas se logo a seguir encontram um emprego bem melhor do que anterior, talvez o facto de terem perdido o emprego anterior passe a ser considerado como uma coisa boa.

Não devemos nunca desanimar, temos de procurar os pontos positivos em cada situação por mais negra que esta nos pareça, por mais triste que seja o nosso estado de alma, temos de acreditar que existe algo de positivo ali que nos vai ajudar a recuperar o nosso sorriso.
Não devemos nunca desistir de nós!
Vai haver sempre muita coisa boa para viver!

This page is powered by Blogger. Isn't yours?