<$BlogRSDUrl$>
 

segunda-feira, março 15, 2004

Coincidências

Às vezes encontramos pessoas que parece que vivem num mundo em tudo idênticos ao nosso, deparamos com pessoas que sentem o que nós sentimos, são pessoas que se cruzam connosco e nos entendem perfeitamente quer na nossa alegria quer na nossa inquietação, lemos o que alguém escreveu e achamos que podia ter sido escrito por nós ou então que podia ser um relato da nossa vida, ouvimos falar pessoas que parece que vivem o mesmo que nós e tudo isso parece estranhamente familiar.
São coincidências que nos fazem pensar como apesar de sermos únicos, os momentos que vivemos são tantas vezes idênticos ao que tantas outras pessoas já viveram.

É bom encontrar pessoas assim, não por elas serem almas gémeas mas sim por elas nos permitirem sentir que não estamos sozinhos, percebemos que existe mais gente que sente como nós, que os nossos infortúnios não são caso único e que é possível sobreviver a eles.
Ao encontrar gente assim podemos ver as coisas de outro ângulo, podemos ouvir outras versões das situações que vivemos e também falar sobre o que sentimos. Isso permite-nos alargar os horizontes sobre a nossa própria vida, pensar e reflectir de forma menos limitada sobre tudo o que vivemos.
E se isso nos permitir desvalorizar as coisas menos boas e valorizar as coisas positivas da nossa vida, então podemos dizer que é bom encontrar pessoas assim, ouvir, escutar ou ler o que elas nos transmitem. São pessoas que às vezes sem se darem conta nos ajudam imenso, tal como nós por vezes o fazemos sem nos apercebermos do bem que fazemos.

Coincidências ou não, se nos fortalece que venham essas palavras, frases, relatos, experiências e ideias.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?