<$BlogRSDUrl$>
 

segunda-feira, abril 12, 2004

Ao Vivo

As luzes apagam-se, no palco a luz espera a chegada de quem esperamos. A entrada em palco provoca a primeira vaga de aplausos na sala, antecedendo os primeiros acordes que já soam pela sala.

Os primeiros minutos são de expectativa. No palco tenta-se perceber como o público está a reagir. No resto da sala, o público tenta encontrar o equilíbrio que lhe permita deixar-se encantar pela música. A comunicação começa aos poucos a ser estabelecida, música após música, porque só assim o público passa a fazer parte do próprio espectáculo.
Se a comunicação é mesmo conseguida, o público vai querer que a música se prolongue por horas a fio, por isso pede mais, apesar do fim anunciado para o espectáculo. A música ao vivo permite uma comunicação especial entre as partes envolvidas, permite o improviso, permite a interacção entre músicos e público.

As saudades começam logo ali, quando as luzes se acendem de novo, e o público caminha para o exterior ainda a saborear a música e pensando na sorte que foi estar ali naquele momento para apreciar toda a magia.

Há concertos assim, em que a música nos invade e nos encanta!

This page is powered by Blogger. Isn't yours?