<$BlogRSDUrl$>
 

quarta-feira, maio 26, 2004

Viagem

A parte pior de uma viagem de avião, aquela que me deixa mais ansioso, mais nervoso... é aquela em que ficamos todos a olhar o tapete à espera que a bagagem chegue. Fico sempre a pensar que as malas se vão extraviar ou que vão sofrer algum estrago, e isso deixa-me sempre uma sensação estranha.
Desta vez, como em tantas outras, tudo correu bem. Afinal de contas só uma vez a minha bagagem decidiu ir dar uma volta diferente da minha, e já lá vão uns anos.

Deixei o Porto com chuva, mas à chegada tive de trocar de casaco tal era o calor e o Sol que vim encontrar. Óptimo para quem como eu tinha o primeiro dia livre para passear pela cidade.

Uma das coisas que gosto nas cidades europeias, nas grandes cidades europeias, é esta mistura de gentes, de cores, de raças, de línguas, de costumes que se cruzam comigo nas ruas, nos restaurantes, no metro e no hotel.
E a vida que estas cidades têm! O movimento infernal e caótico do trânsito, as milhares de pessoas a entrarem e saírem das dezenas de linhas de metro, as sirenes, os turistas percorrendo os locais mais importantes, as máquinas fotográficas e de filmar sempre a funcionar, os acontecimentos desportivos e sociais, até mesmo uma manifestação sindical tive de enfrentar no dia em que cheguei.

Apesar de estar numa cidade linda, e após apenas um dia, já sinto uma pontinha de saudades do Porto! Afinal de contas, falta-lhe o encanto do Porto! E o mar... já sinto saudades de o ver.

Onde estarei eu? Não o disse, será que alguém adivinha?

This page is powered by Blogger. Isn't yours?