<$BlogRSDUrl$>
 

segunda-feira, setembro 20, 2004

Acertar no Momento

Não atingir os nossos objectivos e sonhos é sempre frustrante, entristece-nos e traz-nos imensas dúvidas sobre nós próprios.

Pior ainda é quando temos a sensação que investimos imenso de nós para atingir um objectivo que depois este nos escapa, quando temos as melhores intenções e depois não somos compreendidos, quando nos preparamos cuidadosamente e depois tudo parece que nos sai ao contrário, quando fazemos um grande esforço para conseguir algo e depois não somos retribuídos como era esperado ou quando tentamos agradar a alguém e depois descobrimos que não recebemos aquele sorriso de reconhecimento com que sonhávamos.

Quando acontece assim é natural ficarmos tristes, revoltados e com a sensação que não nos fazem justiça. No entanto é essa mesma tristeza que nos assola e que nos faz esquecer todas as vezes em que fomos nós os injustos com os outros tal como faz esquecer todas as ocasiões em que fomos surpreendidos com uma retribuição sem esperarmos.

Às vezes as coisas boas parece que só acontecem quando menos esperamos, enquanto nos momentos em que mais desejamos alguma coisa parece que ela foge de nós. Por isso ficamos com a sensação que não estamos no sítio certo à hora certa! Não podemos esquecer que nem sempre estamos em sintonia com o mundo que nos rodeia ou ele connosco. Convém não desanimar, porque também haverá alturas em que conseguiremos acertar no momento certo, por muito complicado que isso nos pareça.

Afinal de contas se não existissem momentos de desacerto, como é que podíamos dar o valor certo aos momentos de sintonia e acerto?

This page is powered by Blogger. Isn't yours?