<$BlogRSDUrl$>
 

quinta-feira, novembro 11, 2004

Libertar as Palavras

Observo-te em silêncio enquanto as palavras borbulham no meu pensamento sem conseguirem ficar ordenadas de forma a brotarem cá para fora. De vez em quando ensaio algumas frases mas logo a seguir recuo porque pressinto que não se vão articular como gostaria. E fico assim mudo e quieto colocando a minha atenção em todos os meus sentidos tentando captar alguma força que faça libertar as ideias.

Há dias assim! Dias em que me apetece escrever e parece que as palavras se atropelam tornando impossível registar aqui tudo o que me passa pela cabeça. Observo as palavras que aqui deixei anteriormente na tentativa de encontrar um fio condutor ou fico simplesmente a observar a folha branca e vazia procurando um ponto de partida. Às vezes resulta mas em muitas outras alturas é impossível conseguir transcrever algo que me agrade. É que escrever aqui tem de ser um prazer.

Continuo a observo-te em silêncio, incapaz de estruturar as ideias que gostava de partilhar contigo, por isso adio para quando conseguir organizar as palavras e os pensamentos. Sei que estarás aqui à minha espera, afinal de contas és o meu blog. Existes para que eu te possa fazer crescer de acordo com a minha disposição, a minha vontade e o meu prazer em ver em ti uma certa imagem daquilo que eu sou.

Basta que eu consiga libertar as palavras partilhando ideias e pensamentos para que esta forma de silêncio se desvaneça.

This page is powered by Blogger. Isn't yours?