<$BlogRSDUrl$>
 

quinta-feira, março 03, 2005

Invisibilidade

Existem momentos na vida em que desejamos que a nossa presença se torne despercebida como se fossemos invisíveis. Essa vontade surge quando não queremos ser relacionados com o que nos rodeia ou quando ansiamos conseguir captar o ambiente sem que ele esteja condicionado pela nossa presença. A invisibilidade surge assim da necessidade de alheamento ou da curiosidade sobre o mundo que nos rodeia.

No entanto, em outras alturas, a invisibilidade parece que vem em nosso encalço para nos abater. Acontece quando sentimos a falta de atenção, quando não somos ouvidos ou tidos em conta. Nesses momentos parece que não existimos de verdade e apenas deambulamos anónimos pela vida. Esta outra invisibilidade parece que nos empurra para um buraco onde nos sentimos desaparecer.

Acho que todos já experimentamos a vontade de desaparecer de momento para o outro ou de poder estar num qualquer lugar sem ninguém o saber, mas infelizmente também temos a experiência de nos sentirmos ignorados como se não fossemos visíveis. Por tudo isso, a invisibilidade é um ideia sedutora desde que a possamos controlar de acordo com o nosso estado de espírito. Quando nos é imposta torna-se rapidamente num enorme pesadelo.
 

This page is powered by Blogger. Isn't yours?