<$BlogRSDUrl$>
 

domingo, abril 17, 2005

Ritmo Intenso

Viver o nosso trabalho intensamente de tal modo que o tempo parece que foge entre os nossos dedos acaba por nos deixar completamente exaustos. Não é nada simples de aguentar o ritmo quando as tarefas surgem constantemente, os horários começam a ficar trocados, reuniões consecutivas ou mesmo simultâneas e passamos a maior parte do tempo a resolver casos urgentes.
No entanto, se gostamos do que estamos a fazer, se o trabalho que temos pela frente é um desafio motivador e se retiramos um prazer especial das nossas pequena vitórias diárias sobre os contratempos, então decerto que nos custa muito menos aguentar o ritmo intenso.

Nos últimos tempos tenho experimentado (de novo) esse tipo de intensidade, de tal modo que muitas vezes me falta tempo para outros pequenos prazeres pessoais (tal como escrever aqui). No entanto, também me ajuda a esquecer as coisas menos boas que acabam por surgir aqui e ali. Ficam apenas os acontecimentos muito maus para ensombrar a vida diária, mas desses nunca nos conseguimos escapar por muito que tentemos nos refugiar no trabalho.

Amanhã começa mais uma semana, não menos intensa e complicada do que as anteriores, mas espero que traga também algumas alegrias e bons momentos, pois são uma excelente ajuda para aguentar o ritmo e para reforçar a confiança necessária para ultrapassar os obstáculos que vão aparecendo. Esses momentos são também a recompensa de não desistir!

E pensando bem, é preferível que o ritmo seja intenso e complicado em vez de ser monótono e desinteressante.
 

This page is powered by Blogger. Isn't yours?