<$BlogRSDUrl$>
 

sábado, dezembro 24, 2005

Pausa de Natal

Confesso que hesitei muito. Escrever um texto apenas porque é Natal parece ser uma desculpa esfarrapada para voltar aqui a deixar algumas palavras. Pensando melhor, para que preciso eu de uma desculpa? O espaço é meu e ao longo do tempo afirmei que devemos usar esta forma de expressão enquanto e quando nos apetecer porque só assim sentimos como nosso o que aqui se vai construindo.
Não havendo obrigações também não devem existir desculpas, por isso comecei a juntar as letras e palavras para dar forma a um texto. Depois de concluído decidirei o destino dele: publicação, lixo ou arquivo.

No entanto é difícil fugir ao Natal num dia como o de hoje. Aliás a maioria das pessoas já deve andar cansada só de pensar nesta festa depois de tantos Pais Natais pendurados em varandas, das intermináveis compras, da quantidade de trânsito em volta dos shoppings e enorme lista de cartões de natal, chamadas, emails e sms a fazer para não deixar ninguém importante esquecido.

É assim o Natal dos nossos dias, cansativo e confuso além de ser caro e cada vez menos humano. Tudo para que numa noite de meia dúzia de horas se possa estar tranquilo à mesa ou sofá cumprindo um ritual natalício. E nessa hora muitos vão esquecer aquilo que os incomoda todos os dias, adiando para o dia seguinte os problemas que sentem.
Infelizmente eles vão regressar depois dos presentes desembrulhado e dos pratos limpos da consoada. O Natal é apenas uma pausa que fazemos na vida.

Curiosamente são as faltas que vão estar permanentemente presentes nesta noite. Essas vão ser sentidas sem pausas, porque não existe prenda ou Pai Natal capaz de substituir quem não está presente nesta ocasião.
Este ano haverá faltas no meu Natal, algumas mais dolorosas que outras, umas mais fáceis de aceitar que outras, mas haverá uma que será muito forte nesta noite porque ainda é complicado ver uma cadeira vazia onde sempre me habituei a ver alguém muito especial.

Estejas onde estiveres, Feliz Natal para ti!
 

This page is powered by Blogger. Isn't yours?